Presidente do Simepe critica Mais Médicos e diz que programa resolve apenas um dos problemas da saúde

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 31/10/2014 às 14:35
Leitura:

medic Foto: Igo Bione / JC Imagem

A presidenta Dilma Rousseff vetou o parágrafo da lei do Mais Médicos, que proibia o profissional de outro país de trabalhar fora do âmbito do programa. A medida permite que o médico estrangeiro trabalhe em outros locais e irritou as entidades médica brasileiras.

Em entrevista à JC News com Wagner Gomes, o presidente do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), Mário Jorge Lobo, diz que o programa do governo federal resolve apenas um dos problemas que a saúde brasileira apresenta, que é a interiorização. Deixa de lado, assim, a qualidade da estrutura, acessibilidade, quantidade insuficiente de leitos e contrata médicos sem nenhuma verificação de competência, sob a falsa alegação de que os brasileiros não se interessam pelas vagas.

Já para o senador Humberto Costa (PT), o programa atende as necessidades da população brasileira, levando assistência a 55 milhões de pessoas. O senador também diz que gostaria que fossem brasileiros que tivessem optado por trabalhar, mas o déficit no número de médicos no país possibilita que eles escolham onde trabalhar, e não tiveram interesse em lugares de difícil acesso do país.

Mais Lidas