Grávidas começam a ser vacinadas contra a coqueluche na rede municipal de saúde


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/11/2014 às 9:20
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: reprodução/internet Foto: reprodução/internet A partir dessa segunda-feira (3), postos de saúde do Recife vão oferecer vacina tríplice acelular (DTPa), que previne contra difteria, tétano e coqueluche. O público alvo da campanha é formado pelas mulheres entre a 27ª e a 36ª semana de gravidez. Até 2013, a vacina contra a coqueluche só era disponibilizada para crianças, por meio do Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde. A cobertura contra a doença começa com a vacina pentavalente, administrada aos dois, aos quatro e aos seis meses de vida. Além da pentavalente, a criança recebe dois reforços com a vacina DTP, que protege contra difteria, tétano e coqueluche. A iniciativa foi tomada pelo Ministério da Saúde e é nacional. A ideia é prevenir que as grávidas contraiam coqueluche e transmitam a doença aos filhos. Causada pela bactéria Pertussis, a coqueluche tem como principal sintoma uma tosse desenfreada e incontrolável que, em casos graves, pode levar até mesmo à morte. A imunização também será oferecida aos anestesistas, ginecologistas, neonatologistas, obstetras, pediatras, enfermeiros e técnicos de enfermagem que atendem recém-nascidos nas maternidades e UTIs neonatais. Saiba mais na reportagem de Clarissa Siquiera: A coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Recife, Elizabeth Azoubel, orienta:

Mais Lidas