“É grave a crise na Aduseps. Falta reconhecimento”, diz Renê Patriota, a diretora presidente


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/11/2014 às 10:47
Leitura:
Da Rádio Jornal A situação financeira da Associação de Defesa dos Usuários de Seguros, Planos e Sistemas de Saúde (Aduseps) foi o tema da entrevista de Geraldo Freire com a médica e diretora da instituição, Renê Patriota durante a Super Manhã desta terça-feira (04). Os problemas sérios na falta do pagamento dos associados e da falta de contribuições está comprometendo a associação. De acordo com Renê, estamos com 12 pessoas perto de demissão coletiva. A gente fica triste depois de tanto tempo. É triste ver a falta de reconhecimento, em especial, dos mais ricos, desabafou. A médica ainda falou da luta para equilibrar as contas: Espero que a gente consiga recuperar, mas não vamos desistir de lutar. Quem perde com isso é a sociedade, que não vê o próximo como prioridade, afirmou. A diretora da Aduseps lembrou que o valor da mensalidade do associado SUS custa 10 reais e 50 reais para quem é usuário de plano de saúde. Ela afirmou ainda que será mudado o processo de participação na instituição. Vamos selecionar os associados. Não queremos só associados só para conseguir ganhar as causas, afirmou.

Mais Lidas