Trio acusado de assassinar professor no município de Chã de Alegria vai a julgamento

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/11/2014 às 11:10
Leitura:
Professor Linaldo Gomes da Silva foi assassinado em 2011 Foto: Reprodução/ Internet Professor Linaldo Gomes da Silva foi assassinado em 2011
Foto: Reprodução/ Internet Nesta terça-feira (4) começa o julgamento dos três homens acusados de participar do assassinato do professor de matemática Linaldo Gomes da Silva, em Chã Grande de Alegria, Zona da Mata Norte do Estado. Linaldo Gomes era professor e diretor de uma escola da rede municipal e foi morto com golpes de faca e pancadas na cabeça, dentro de casa, em 2011. Wedson Rodrigues da Silva, Luiz Paulo da Silva e Gustavo Francisco do Nascimento foram apontados pela polícia como responsáveis pelo assassinato. As investigações apontam que o professor mantinha um relacionamento com Luiz Paulo, que era garoto de programa. Este rapaz teria entrado na casa do professor e roubado uma quantia de R$ 8 mil, que seria para comprar instrumentos musicais para a escola na qual Linaldo trabalhava. O júri popular vai acontecer na câmara dos vereadores da cidade de Glória do Goitá. O tribunal do júri será presidido pelo juiz Lauro Pedro dos Santos Neto e o corpo do juri será formado por moradores de Glória do Goitá e de Chã de Alegria. O crime chocou a cidade. No dia do sepultamento, em 9 de agosto de 2011, a irmã de Linaldo, Joseane Gomes pedia por justiça. A repórter Elen Carvalho traz os detalhes:

Mais Lidas