Atendimento e resgate de vítimas de emergências recebem mudanças em Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/11/2014 às 14:07
Leitura:

bomb Foto: Divulgação A partir da próxima terça-feira (11), o atendimento de vítimas de traumas passa a ser exclusividade do Corpo de Bombeiros Militar. Com isso, os chamados de emergências clínicas e de mal súbito ficam sob responsabilidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Os dois serviços de atendimento trabalhavam em conjunto, mas a redefinição estratégica e de papéis tem o objetivo de otimizar a atuação.

Para o comandante-operacional metropolitano do Corpo de Bombeiros, Gustavo Falcão, a mudança não vai comprometer o resgate das vítimas.

Com a potencialização dos recursos de cada serviço, os pacientes ganham agilidade. O Corpo de Bombeiros possui 12 viaturas de resgate e quatro duplas de motociclistas no Grande Recife. Em 2013, a corporação atendeu 488 chamados de emergência clínica e mais de 3 mil de mal súbito, que passam a ser atendidos pelo Samu.

Mais Lidas