Técnicos lamentam empate de 0 X 0 entre Náutico e Santa Cruz na Arena Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/11/2014 às 19:49
Leitura:
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem Três posições e um ponto afastam o Santa Cruz do Boa Esporte, quarto e último colocado no G4, grupo que está com acesso garantido à Série A do Campeonato Brasileiro de 2015. Para o Náutico, a situação é mais difícil. O time é o 12º colocado, passando do meio da tabela, e está a sete pontos do clube mineiro. O empate sem gols entre os times pernambucanos que estão na Série B e disputaram neste sábado (8) teve grande impacto nas chaces, já remotas que as equipes teriam. O Náutico agora soma 46 pontos, enquanto o Santa Cruz 52. Apesar do Náutico ter tido maiores chances, a defesa do goleiro tricolor Thiago Cardoso e a falta de finalizações mais convincentes mantiveram o placar zerado. Embora em menor quantidade, o Santa Cruz também teve chances disperdiçadas durante a partida. Apesar disto, se engana quem acha que a partida foi fraca, muito pelo contrário, ambas as equipes se esforçaram para conseguir os três pontos. O jogador Bileu, lamenta a falta de finalizações efetivas no jogo, mas ainda mantém a confiança na classificação. "Os jogadores lutaram bastante ali dentro. Foi assim desde o começo do primeiro tempo até o final do segundo", afirma. "Temos que fazer a nossa parte e torcer para os outros times não ganharem", completa, negando que exista desânimo na equipe. "Só faltou o gol para a gente", foi a opinião do zagueiro Luiz Alberto ao fazer o balanço do Clássico. "Este é o tipo de jogo que dá dó olhar na ficha técnica e ver o um zero a zero", disse Dado Cavalcanti em entrevista coletiva após o jogo. O técnico, que já passou pelo Santa Cruz, afirmou que o Timbu foi melhor em jogo e que merecia a vitória. Dado pode estar com a função em perigo agora, já que o time soma três derrotas e dois empates nos últimos cinco jogos. Já o técnico do Santa Cruz, Oliveira Canindé, minimizou as críticas e disse que equipe foi guerreira do início ao fim."Foi um dos jogos mais difícieis que o Santa Cruz pegou. Tinham horas em que achavamos que íamos ganhar, outras que íamos perder", completa.

Mais Lidas