Trabalhadores da construção civil mantém greve por melhores condições de trabalho


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/11/2014 às 15:00
Leitura:

Em greve, trabalhadores da construção civil de Jaboatão dos Guararapes, da Mata Sul e do litoral aguardam acordo com a classe patronal. A categoria reivindica reajuste salarial de 15%, isenção do vale-transporte e do pagamento das refeições, cesta básica no valor de R$ 120, participação nos lucros e resultados, além de um plano de saúde e folga no dia do pagamento.

De acordo com os trabalhadores, eles tentaram um acordo desde o início do mês de novembro com o sindicato patronal, que não aceitou a pauta de reivindicações. Por isso, foi realizada uma assembleia e uma passeata pacífica pela cidade, na manhã desta segunda-feira (10). O presidente do sindicato da classe, Luiz Cavalcanti, detalha quais são os principais serviços que estão parados com a greve.

Também aderiram à paralisação os funcionários dos municípios de Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Tamandaré, Barreiros e Sirinhaém.

Mais Lidas