Após alarde, Secretaria de Saúde de Caruaru desmente suspeita de ebola

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/11/2014 às 14:50
Leitura:
policlínica do vassoral

Por meio de nota, a prefeitura de Caruaru descartou a hipótese de contaminação pelo vírus ebola de um paciente brasileiro, procedente da Guiné Equatorial, que não é considerada área de infestação do vírus. A Secretaria de Saúde do município já entrou em contato com o governo do Estado e está sendo encaminhado um exame do paciente

A hipótese mais provável é que o paciente, que não teve o nome revelado, está acometido de malária. Será feito um teste, ainda hoje, para definir o diagnóstico. O procedimento está sendo orientado por infectologista especializado da Secretaria Estadual de Saúde.

Não há qualquer motivo para pânico. Todas as providências técnicas e preventivas estão sendo tomadas. Em breve, a Secretaria Municipal de Saúde irá convocar uma coletiva de imprensa para esclarecer o fato.

A policlínica do Vassoral, onde o paciente foi atendido, foi evacuada desde cedo e ainda não há previsão de quando voltará a funcionar. Neste momento, tanto o paciente quanto os funcionários que tiveram contato com ele estão isolados na unidade.

Fernando Alvarenga traz outras informações:

Mais Lidas