Trio conhecido como canibais vai a julgamento na próxima quinta-feira no Fórum de Olinda

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/11/2014 às 12:37
Leitura:
Da Rádio Jornal, com informações do JC Online Foto: Reprodução/TV Jornal Foto: Reprodução/TV Jornal

O Tribunal de Justiça de Pernambuco confirmou para esta quinta-feira (13), o julgamento do trio conhecido como canibais de Garanhuns, acusados de matar, esquartejar e vender carne humana em salgados. Julgamento será composto de Júri Popular e acontece no Fórum de Olinda.

Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, a mulher dele Isabel Cristina Pires da Silveira e Bruna Oliveira Cristina da Silva são acusados de homicídio quadruplamente qualificado por assassinar, esquartejar e ocultar o corpo de Jéssica Camila da Silva Pereira, de 17 anos em Olinda, em 2008, além de outras mortes. Bruna responde por mais uma acusação, a de falsidade ideológica, já que se passava pela jovem morta.

O homicídio quadruplamente qualificado é quando o cirme é executado por motivo fútil, com emprego de meio cruel, sem dar chance de defesa à vítima e para assegurar impunidade, ocultação e outros crimes.

Os jurados que vão compor o Conselho de Sentença serão sorteados. A leitura da denúncia será feita, seguida do depoimento de duas testemunhas. Os reús também serão ouvidos. os debates que acontecem depois das ouvidas podem durar até nove horas.

O júri vai se reunir em uma sala reservada e responder aos questionamentos que devem definir se o trio será condenado ou absolvido. A sessão será presidida pela juíza titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Olinda, Maria Segunda Gomes de Lima, que vai pronunciar a sentença após o retorno ao salão. O julgamento comaça às 9h.

O caso veio à tona com a descoberta dos corpos de outras duas vítimas na residência dos acusados em Garanhuns em 2012. Em depoimento, as mulheres revelaram que o trio se alimentava e preparava lanches para vender com carne humana.

Mais Lidas