Prazo para solicitar FGTS atrasado mudou. Pedidos feitos até 12/11 ficam na regra antiga


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/11/2014 às 12:10
Leitura:
Da Rádio Jornal Nesta sexta-feira (14), o advogado Trabalhista, Marcos Alencar, conversou com o comunicador da Super Manhã, Geraldo Freire, sobre as mudanças no prazo para entrar com processoas judiciais contra as empresas que não depositaram o FGTS na conta dos trabalhadores. Desde ontem, após uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o prazo reduziu de 30 para 5 anos. No entendimento do Supremo, o FGTS é um benefício como qualquer outro e deve ser submetido ao mesmo prazo que os demais. Quem entrou com processo na Justiça do Trabalho até a última quarta-feira (12) saiu beneficiado e vai usar a regra antiga, dos 30 anos. Ouça a entrevista completa e tire suas dúvidas:

Mais Lidas