Corporações têm apostado no uso de computadores vestíveis na pele

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/11/2014 às 18:45
Leitura:
Foto: Divulgação / Universidade de Illinois Foto: Divulgação / Universidade de Illinois Para a próxima geração de computadores, as grandes corporações têm trabalhado no desenvolvimento de computadores vestíveis, ou seja, de sensores utilizados na pele. No entanto, ainda não se sabe como eles serão utilizados nem em que parte do corpo eles serão implantados. De acordo com o repórter Bick Nilton, de The New York Times, o Google está apostando no rosto, já a Apple e a Samsung investem no pulso. Neste domingo (16), durante o programa JC News com Ismaela Silva, o especialista em tecnologia Boris Wolfenson trouxe um esclarecimento maior sobre o assunto.

Mais Lidas