Programação festiva do Dia Nacional da Consciência Negra terá show de Mariene de Castro

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 20/11/2014 às 9:34
Da Rádio Jornal Mariene de Castro é famosa por destacar Maracatu e Samba de roda em sua obra. Foto: divulgação Mariene de Castro é famosa por destacar Maracatu e Samba de roda em sua obra. Foto: divulgação Hoje é comemorado o Dia Nacional da Consciência Negra, que marca o assassinato de Zumbi dos Palmares, em 1695, aos 40 anos, no Quilombo dos Palmares pelas tropas do bandeirante Domingos Jorge Velho. Como parte das celebrações, o Comitê de Promoção da Igualdade Racial, em parceria com o Movimento Negro Unificado, promove um show com a cantora Mariene de Castro. A apresentação acontece às 20h, no Pátio de São Pedro, Centro do Recife. A comemoração da data representa um avanço. Porém, muita coisa ainda precisa mudar em relação ao tratamento dado ao negro na sociedade. O historiador Lula Couto considera que um país melhor só é possível com respeito às diferenças, sem racismo ou preconceitos. ZUMBI DOS PALMARES Zumbi foi o último líder negro do Quilombo dos Palmares. Imagem: reprodução/internet Zumbi foi o último líder negro do Quilombo dos Palmares. Imagem: reprodução/internet Líder da luta negra contra a escravidão, Zumbi foi o último chefe do Quilombo dos Palmares, maior dos quilombos do período colonial. Coincidência ou não, a mitologia africana comemora hoje o Dia de Mawu, deusa suprema criadora de todas as coisas. Comemorada há mais de 30 anos por ativistas do movimento negro, a data foi incluída em 2003 no calendário escolar nacional. Em 2011, com a Lei 12.519, foi instituído oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.