A Black Friday está chegando e advogado orienta consumidores no momento da compra

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/11/2014 às 10:29
Leitura:
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Comércio e consumidores começam a se preparar para as compras de fim de ano. O objetivo para quem vende é aumentar o faturamento e para quem compra, encontrar boas ofertas. Semana que vem tem início a "Black Friday", que é um evento do varejo mundial onde muita gente aproveita os preços baixos para antecipar as compra de natal. Mas é preciso ter cuidado.

A Black Friday do comércio eletrônico brasileiro tem, pela primeira vez, a expectativa de ultrapassar R$ 1 bilhão em vendas. O dia de descontos será em 28 de novembro.

Você sabe quais são os seus direitos em compras na loja ou pela internet? Sobre esse assunto, Lorena Gomes conversou com o advogado e diretor jurídico da Associação de Defesa do Consumidor, Raimundo Gomes de Barros. Ele explicou que o fato de um produto estar em promoção não significa que ele tenha nenhuma restituição em relação à troca. "Só que essa troca só pode ocorrer se esse produto só apresentar algum desfeito", destacou.

Pegando o embalo da Black Friday, muitas pessoas aproveitam as promoções para realizarem as compras natalinas. Neste caso, Raimundo detalha quais os direitos do consumidor com relação à troca do produto. "Nesses casos, há uma prática aqui no Brasil de que essas pessoas adquirindo na loja um selinho de troca para colocar no produto as empresas têm cumprido com essa promessa de trocar aquele produto, isso independe do produto de estar exposto à venda em condições normais ou em promoção", explicou.  Adquirir este selo ou algum tipo de documento assinado pela loja é a dica dada pelo advogado para quem vai comprar um presente.

Segundo Raimundo, destaca ainda que o consumidor deve evitar comprar por impulso e que pesquise os preços em mais de um loja, já que neste final de ano muitas lojas oferecem ofertas.

Confira a entrevista completa:

Mais Lidas