No Dia da Homeopatia, especialistas debatem a atuação deste sistema terapêutico

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/11/2014 às 13:03
Leitura:

debate

No Dia da Homeopatia, especialistas participaram do debate da Rádio JC News e falaram sobre esta forma de tratamento. Antônio Martins Neto recebeu a doutora Fátima Buarque, médica homeopata e presidente da Associação de Homeopatia de Pernambuco, e o médico homeopata e pneumologista, Dr. Carlos Eduardo Danvi.

"A homeopatia ela tem sido bastante questionada por que a forma como ela atua não existe uma explicação", apontou a especialista. "É um medicamento de atuação energética, não é um medicamento de atuação como a fitoterapia que é a substância bruta da planta que é retirada ou não necessariamente a tintura mãe de uma planta, mas o chá de uma flor, uma raiz", destacou. A médica explicou que no caso da homeopatia é retirada a energia de um mineral ou um vegetal, por exemplo.

Confira o debate completo:

A homeopatia é oferecida como terapêutica médica na rede pública em vários municípios brasileiros, amparados pela portaria do Ministério da Saúde de maio de 2006, que recomenda o atendimento homeopático nas unidades básicas de saúde pública. Para se tornar homeopata, é preciso ser graduado nas áreas de Medicina, Medicina Veterinária, Farmácia ou Odontologia.

A homeopatia é um sistema terapêutico que tem como base o princípio da semelhança enunciado por Hipócrates, no séc. IV a.C., e mais tarde desenvolvido por Samuel Hahnemann no séc. XVIII após extensos estudos e reflexões baseados na observação clínica e experimentos realizados na época.

Chegou ao Brasil em 1840, com a vinda de especialistas franceses, tornando-se rapidamente uma opção de tratamento à medicina oficial vigente. Porém, só em 1980 a homeopatia foi reconhecida como especialidade médica pela Associação Médica Brasileira (AMB) e, no ano seguinte, o Conselho Federal de Medicina (CFM) a incluiu no rol de suas especialidades. Em março de 1996 foi reconhecida como especialidade pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária. Em 1952 foi tornado obrigatório o ensino da Farmacotécnica Homeopática em todas as faculdades de farmácia do Brasil. Em 1966, foram publicadas várias portarias, com instruções de instalação e funcionamento de farmácias homeopáticas e industrialização dos medicamentos; em 1976 foi oficializada a Farmacopéia Homeopática Brasileira. Atualmente a homeopatia adentra as universidades e cursos de graduação médica, ora como disciplina opcional, ora fazendo parte da grade curricular.

Mais Lidas