Recomposição do IPI e mudanças no financiamento na hora de comprar automóvel

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/11/2014 às 16:10
Leitura:

Carro-na-rua_Bernardo Foto: Bernardo Soares / JC Imagem

O governo está decidido a recompor integralmente a alíquota do IPI para automóveis a partir de janeiro de 2015. A alíquota para os carros populares vai subir de 3% para 7%, enquanto o tributo para os carros médios vai subir de 9% para 11%, no caso dos motores flex, e para 13% nos motores a gasolina.

Em entrevista à JC News com Wagner Gomes, Flávio Meneghetti, presidente da Federação Nacional das Distribuidoras de Veículos (Fenabrave), explica que a projeção do setor é de vendas aquecidas neste fim de ano e até janeiro, com o estoque produzido antes do aumento do IPI.

Se o imposto deve tornar a compra mais cara em 2015, a medida que permite maior segurança jurídica para os bancos na retomada de bens inadimplentes deve aumentar a quantidade de financiamentos dos automóveis. Carlos Nunes, diretor de Marketing do Shopping do Automóvel também repercute a mudança nos financiamentos, que deve ser benéfica para o setor e para os clientes pagadores:

Mais Lidas