Suspeito de envolvimento na morte do vocalista do Patusco é preso no bairro de Passarinho


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/11/2014 às 22:44
Leitura:
Da Rádio Jornal A Polícia Civil prendeu, nesta segunda-feira (24) em Passarinho, Olinda, o suspeito de envolvimento na morte do vocalista do Patusco. Ozias Higino Tavares, 27 anos, é acusado de tráfico de drogas e porte ilegal de munição e acessório de arma de uso restrito. Ele foi  encaminhado à sede do Departamento de Homicídio, onde prestou depoimento ao delegado Felipe Monteiro. De acordo com a polícia, as digitais do suspeito foram encontradas no carro da vítima. Após ser autuado na Delegacia de Peixinhos, o suspeito foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, Zona Oeste da capital. Outras informações com o repórter Houldine Nascimento: De acordo com os policiais da Delegacia de Peixinhos, Ozias poderia ser o o executor de Dyelson Cardoso, de 25 anos. Segundo eles, o suspeito teria recebido dinheiro para matar o integrante do vocalista do grupo carnavalesco Patusco. Ainda segundo a polícia, um outro suspeito, conhecido como Rafinha, teria ajudado a fugir do local do crime.

Mais Lidas