Jovem que confessou ter matado pai é encaminhado a cadeia pública de Glória do Goitá

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/11/2014 às 15:31
Leitura:
Delegacia de Vitória de Santo Antão Delegacia de Vitória de Santo Antão

Foi encaminhado para a cadeia pública de Glória do Goitá o gesseiro Abel Deodato da Silva Filho, de 21 anos, suspeito de matar o pai a facadas no município de Chã de Alegria, Zona da Mata Norte do Estado. Nesta quarta-feira (26), ele prestou depoimento na delegacia do município de Vitória de Santo Antão, na Mata Sul, onde confessou o crime.

O suspeito disse aos policiais que brigava muito com o também gesseiro Abel Deodato da Silva, de 50 anos, por não aceitar o fato do pai ser homossexual. De acordo com a polícia, a vítima faleceu depois de levar uma facada no pescoço enquanto dava carona para o filho, na estrada que liga o sítio da família ao centro da cidade. O soldado Paulo Delfino Lima aponta que o jovem é usuário de drogas e que estava transtornado no momento em que os policiais o acharam, na beira da pista.

Em entrevista, o suspeito disse que não se arrependeu do crime porque acredita que o pai traia a mãe com outro homem. Ele apontou em depoimento à polícia que o pai ainda teria tentado abusar sexualmente dele, há dois anos.

O homem foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, e pode pegar pena que varia de 12 a 30 anos de reclusão.

A repórter Clarissa Siqueira traz outras informações:

Mais Lidas