Para motoristas e cobradores, botão de pânico nos ônibus não vai frear escalada da violência

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/12/2014 às 11:09
Leitura:

O Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco se posicionou contrário a implantação de um “botão de pânico” nos ônibus que circulam na Região Metropolitana do Eecife. Esse dispositivo emitiria mensagens de socorro no painel frontal dos coletivos em situações de roubos ou outros crimes. Para os rodoviários, a medida em fase de testes e projetada pela urbana-pe, impõe risco a motoristas, cobradores e usuários.

O encontro, realizado nessa quarta-feira (3), recebeu o apoio do sindicato dos policiais civis do Estado. A Polícia Militar e o Ministério Público do Trabalho também foram convidados para discutir a segurança no Transporte Público, mas não compareceram.

De acordo com números da Secretaria de Defesa Social apontam que de 2013 para 2014, houve um aumento de 27% no número de assaltos a coletivos no recife e de 8% na RMR. Saiba mais na reportagem de Lélia Perlim:

Mais Lidas