FLAGRANTE

Polícia desarticula quadrilha especializada em furtos a agências dos Correios

Grupo também furtava estabelecimentos comerciais

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/12/2014 às 14:10
Leitura:

Delegado Mauro Cabral investiga a participação do grupo em um arrombamento de loja na Avenida Caxangá, no mês passado - Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal

A Delegacia de Roubos e Furtos apresentou a prisão em flagrante de uma quadrilha investigada por cometer vários furtos a agências bancárias dos Correios e estabelecimentos comerciais.

O grupo costumava identificar a vulnerabilidade dos alvos e preparar a ação. Na madrugada da última segunda (8) para terça-feira (9), os integrantes foram surpreendidos enquanto tentavam roubar o cofre do supermercado Extra Bom, de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. Dentro do prédio ainda conseguiram perfurar uma parede.

André Hilário Barbosa, de 37 anos, foi reconhecido pelos policiais, em atitude suspeita. Ele e Radamés Bezerra de Araújo, de 36 anos, estavam guardando o perímetro do prédio enquanto Ednaldo Felix do Nascimento e Edson Manoel da Silva utilizavam pé de cabra e uma alavanca para entrar no estabelecimento.

O repórter Rafael Carneiro traz outros detalhes:

O delegado titular da Roubos e Furtos, Mauro Cabral, explica que já vinha investigando a quadrilha. "Nós tínhamos uma investigação há cerca de dois meses sobre o grupo e no dia específico recebemos a informação de que eles iriam praticar uma ação criminosa", explicou o delegado. O delegado ainda detalhou que a polícia espalhou equipes que identificaram pelo local e, após diligências, foram identificadas duas pessoas.

As prisões ocorreram no local e na casa dos envolvidos. Todos possuem passagens pela polícia por furto, roubo e associação criminosa.

No caso de Ednaldo e Radamés, eles são suspeitos de cometer crimes contra a Caixa Econômica Federal no Rio Grande do Norte e agência dos Correios de Sergipe. O delegado Mauro Cabral ainda investiga a participação do grupo em um arrombamento de loja na Avenida Caxangá, no mês passado.

Mais Lidas