VIAGEM

Saiba quais foram as mudanças feitas nos passaportes brasileiros

O prazo que antes era de cinco anos, foi ampliado para dez anos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/12/2014 às 12:01
Leitura:
Foto: Divulgação/ Polícia Federal

Em coletiva realizada neste sábado (13), na sede da Polícia Federal em Pernambuco, no bairro do Recife, o chefe de comunicação da PF, Giovani Santoro, falou sobre a mudança referente ao prazo de validade dos passaportes brasileiros.

O prazo que antes era de cinco anos, foi ampliado para dez anos e vale para documentos comuns, oficiais e diplomáticos e para as carteiras de matrícula consular.

Com o intuito de diminuir a burocracia e facilitar todo o processo de atendimento, as alterações feitas na SINPA (Sistema Nacional de Passaportes) no mês passado (24 de novembro 2014) agora permitem que uma autorização automática de viagem do menor seja registrada no próprio passaporte e no sistema da Polícia Federal, durante a sua emissão.

Confira outros detalhes no flash de Vanessa Falcão:

Outra novidade é que o campo filiação passa a constar os nomes dos dois genitores e, nos casos de relação homoafetiva, os pais serão denominados como “Genitor 1?e “Genitor 2?. Isso dispensa, por exemplo, a apresentação de outro documento de identidade do passageiro na hora do embarque como por exemplo a Certidão de Nascimento ou RG. A autorização impressa no passaporte substitui os documentos emitidos hoje no cartório ou no Juizado de Menores, mas é opcional. Os pais que quiserem podem manter a autorização tradicional a cada embarque para fora do país.

O processo de solicitação do documento tem início com o agendamento pela internet. O tempo de espera depende da época do ano e o lugar do país. A taxa de confecção é de R$ 156.O horário de atendimento no aeroporto dos Guararapes para dar entrada no passaporte conforme atendimento eletrônico é das 7h30 às 14h30 e para entrega do passaporte já pronto das 8h às 15h.

Mais Lidas