POLÍTICA

Em tom otimista, Geraldo Julio fala das expectativas para 2015 e afaga Armando Monteiro

Prefeito do Recife afirmou que o Ministério comandado polo petebista terá importância fundamental para crescimento do País.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/12/2014 às 13:03
Leitura:
Foto: Rafael Souza/Rádio Jornal

Nesta segunda-feira (22), a Rádio Jornal recebeu o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), para o debate da Super Manhã. Além do comunicador Geraldo Freire, participaram da entrevista os jornalistas Wagner Gomes e o diretor Adjunto do Jornal do Commercio, Laurindo Ferreira.

Em uma hora de conversa, o Geraldo Julio fez balanço da gestão no ano 2014 e as expectativas para o próximo ano. O socialista afirmou que o ano foi bastante movimentado, com grandes eventos como Copa do Mundo e eleições. Geraldo Julio não deixou de mencionar a perda política que foi a morte do ex-governador Eduardo Campos, vítima de um acidente aéreo em agosto.

Sobre a convocação de Armando Monteiro, ex-aliado político do PSB, para o Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior, Geraldo Julio afirmou ser uma grande novidade. “A gente sabe que a presidente escolheu uma equipe econômica com a responsabilidade de fazer um ajuste fiscal. Mas o país não pode ter apenas um ajuste nas contas sem crescer. A indústria precisa voltar a crescer e esse Ministério tem um papel fundamental nisso”, completou.

Sobre a falta de decoração natalina na cidade, Geraldo Julio afirmou que não está arrependido. “Eu acho que é o melhor caminho para a cidade. Nossa iniciativa é juntar a cidade para decorar a cidade”. Confira o debate na íntegra nos players abaixo:

Mais Lidas