BALANÇO 2014

Pacto Pela Vida registra aumento de 8,73% no número de homicídios

A SDS também divulgou as mudanças nos comandos das polícias a partir de janeiro

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/12/2014 às 13:47
Leitura:
Anúncio foi feita nesta sexta-feira (26) durante coletiva de imprensa
Foto: BlogImagem


O comando de segurança do estado apresentou nesta sexta-feira (26), o balanço da gestão nos últimos 8 anos, na sede da Secretaria de Planejamento e Gestão, no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife.

O programa de governo Pacto Pela Vida, que vinha atingindo redução no número de Crime Violentos Letais Intencionais (CVLI), fechou 2014 com 8,73 % de aumento no número de homicídios, quebrando sequência de 7 anos.

Apesar do número preocupar, nos últimos 10 anos, Pernambuco apresentou 33,71 % de redução e possui menor índice comparado com outros Estados do Nordeste.

O secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, atribuiu o crescimento do número de mortes à greve de policiais militares, operação padrão dos delegados e às eleições. “Há variáveis que levaram a esse aumento, mas o aumento não se registrou só aqui em Pernambuco. Nós tivemos aumento em diversos Estados do país”, destacou.

Na capital, Recife, os resultados divulgados apontaram redução de 58,42 % entre 2004 e 2014. Parte deste sucesso se deve a instalação de câmeras de segurança e reforço do policiamento, ponderou o secretário.

Os números de homicídios contra mulheres tiveram pequena redução entre 2014 e o ano passado, com resultado de 6,04 %.

Rafael Carneiro, traz os detalhes:

A SDS destacou ainda que em sete municípios do Agreste e Sertão nenhuma morte foi registrada, Granito, Ingazeira, Itacuruba, Terra Nova, Quixaba, Vertente do Lero e Calumbi.

Na cerimônia de apresentação foram divulgados os nomes dos novos comandos das Polícias Civil, Militar e Científica. O delegado Antônio Barros, assume a chefia de polícia na vaga de Oswaldo Moraes, enquanto no comando da Polícia Militar, o coronel Antônio Francisco Pereira Neto, substitui o coronel Carlos Pereira. Sandra Santos, passa a comandar a Polícia Científica, no lugar de Francisco Sarmento.

Alessandro carvalho esclarece as mudanças. “As mudanças são naturais, elas acontecem dentro de um mesmo governo e são mais comuns ainda que aconteçam quando há a mudança do governador”, avaliou.

Os novos gestores serão nomeados em 02 de janeiro, já no mandato do governador eleito Paulo Câmara.

Mais Lidas