Polícia prende cinco pessoas e recupera carga de cerveja roubada

Os envolvidos, o motorista da Ambev, Felix Augusto Neto, e o auxiliar de entrega, Luiz Augusto Costa Ferreira, considerado o mentor, tinham um esquema todo montado

FLAGRANTE

Da Rádio Jornal

A Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas recuperou um carregamento de cerveja desviado e prendeu cinco pessoas em flagrante. Os envolvidos, o motorista da Ambev, Felix Augusto Neto, e o auxiliar de entrega, Luiz Augusto Costa Ferreira, considerado o mentor, tinham um esquema todo montado.   

Eles forjaram o assalto de 26 mil latinhas de Skol e contaram com a participação de Leonardo Manoel de Lima, ex-funcionário da Ambev; o proprietário de um bar, Milton Pereira de Oliveira, que cedeu o espaço em Jardim Paulista, na Região Metropolitana do Recife, para a descarga do material; e de Washington Batista Cruz, dono de um depósito de bebidas, que pagou cerca de R$ 50 mil, pelo carregamento avaliado em R$ 132 mil.

Rafael Carneiro traz as informações:
 

[uolmais_audio 15325354]

O crime foi descoberto rapidamente porque os próprios funcionários ligaram para a empresa informando. O delegado titular da Delegacia de Roubos de Carga Osias Tibúrcio detalha a prisão. “Assim que os bandidos ligaram para a empresa, a empresa nos acionou e informou que tinha acontecido um roubo e nos passou também o histórico de movimentação pelo rastreamento”, explicou o delegado. “Pelo rastreamento pudemos perceber que o caminhão havia ficado parado por cerca de duas horas em uma localidade em Jardim Paulista, fomos até este local e apreendemos uma parte dessa carga no Clube das Piscinas, onde prendemos em flagrante o proprietário, o Milton”, informou o delegado.

De acordo com a polícia, toda a mercadoria subtraída foi recuperada e parte deste material já estava no depósito de Washington, na Bomba do Hemetério, na Zona Norte do Recife.

Dois outros ex-funcionários da Ambev, identificados na participação da ação criminosa, prestaram depoimento e foram liberados. Os demais foram autuados por associação criminosa e furto qualificado.

Por meio de nota, a Ambev informou que os envolvidos no caso não são funcionários da empresa, mas sim de uma transportadora terceirizada. A companhia disse ainda que está à disposição para colaborar com as autoridades.

Também nesta terça-feira, a especializada apresentou o balanço das ações em 2014. Nos últimos três anos, a delegacia conseguiu reduzir o número de assaltos a bancos e carros fortes, arrombamentos e explosões a caixas eletrônicos e o crime conhecido como pescaria. Entre 2013 e 14 o índice de redução chega a 36 %.

Nos últimos três anos, o departamento prendeu mais de 300 pessoas e tem destaque nas apreensões de armas. 

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO