PROTESTO

Terceirizados do Cisam cruzam os braços para receber salários e benefícios atrasados

Após reunião com patrôes, ficou acordado que pagamentos serão começarão a ser realizados nesta tarde

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/12/2014 às 11:22
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal

Na manhã desta terça-feira (30), cerca de 50 funcionários terceirizados do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), também conhecido como Maternidade da Encruzilhada, cruzaram os braços. Os trabalhadores dos setores administrativo, almoxarifado e lavanderia, além de recepcionistas, maqueiros e motoristas reividicavam o pagamento dos salários atrasados, vale-transporte e vale refeição.

De acordo com André Silva, diretor do Sindicato de Asseio e Conservação de Pernambuco, os funcionários estão com salários atrasados há 10 dias e ainda não receberam a segunda parcela do 13º, que deveria ser paga até o dia 19 de dezembro. Ainda segundo o diretor, o atendimento médico na maternidade foi suspenso.

Durante a manhã, os funcionários foram recebidos pelos patrões. Ficou acordado que os pagamentos seriam feitos a partir das 14h de hoje. A segunda parcela do décimo terceiro vai ser paga no dia 7 de janeiro. Os serviços terceirizados da maternidade já estão sendo normalizados.

Mais Lidas