BALANÇO

Em 2014, Polícia Federal de Pernambuco apreendeu R$ 332 milhões

Balanço divulgado pela PF mostra quase 2,5 toneladas de drogas. Cerca de 330 plantações de maconha foram destruídas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/01/2015 às 10:47
Leitura:
Foto: Polícia Federal/divulgação


A Polícia Federal de Pernambuco divulgou, na manhã desta sexta-feira (02), o balanço das principais ações de 2014. Foram deflagradas 20 operações e apreendidos 332 milhões de reais e 30 mil dólares, além de 32 carros, sendo a maioria veículos de luxo. Os grandes destaques do ano foram as operações para apreensão de notas falsas, erradicação da maconha, combate à pedofilia, apreensão de cigarros contrabandeados e a campanha do desarmamento.

Durante o ano de 2014, foram apreendidos 2.220 kg de maconha, 144Kg de pasta base de cocaína, 12Kg de crack, 31Kg de haxixe, 44Kg de cocaína pura e 9.000 comprimidos de Artane. Pelo crime de envolvimento no tráfico de drogas, 35 pessoas foram presas. Apenas para a erradicação da maconha, foram executadas quatro operações no Sertão do Estado. Juntas, as ações destruíram 328 plantações, erradicando 1,290 milhão de pés da droga, que deixaram de produzir 430 toneladas de maconha. Também foram destruídas 538 mil mudas e apreendidos 4.113kg de maconha pronta para o consumo.

Para inibir o contrabando de cigarros, a Polícia Federal realizou seis apreensões, duas a menos que em 2013, que resultaram na apreensão de 13 pessoas e recolhimento de 73.570 pacotes, que correspondem a 14,714 milhões de cigarros. Em 2014, também foram realizadas sete apreensões no combate a notas falsas. A PF-PE recolheu mais de 59 mil reais em cédulas adulteradas e prendeu sete pessoas.

No biênio 2013/2014 foram deflagradas 11 operações de combate à pedofilia, com sete prisões em flagrante. Ainda estão sendo investigados 21 suspeitos, em 76 inquéritos policiais. Em 2014, 112 pessoas foram presas preventiva e temporariamente pela PF-PE. Foram executadas 80 conduções coercitivas e cumpridos 110 mandados de busca e apreensão.

DESARMAMENTO - O último relatório do Ministério da Justiça aponta que Pernambuco subiu do quinto para o segundo lugar em números absolutos de entrega de armas de fogo, perdendo apenas para São Paulo. Desde que o início da Campanha do Desarmamento, em 14 de maio de 2011, até o dia 11 de dezembro de 2014, 7.881 armas e 13.952 munições foram entregues voluntariamente.

Mais Lidas