PALMARES

Com todo secretariado, Paulo Câmara autoriza construção de 13 escolas na Mata Sul

Obras fazem parte Operação Reconstrução em municípios atingidos pelas enchentes de 2010

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/01/2015 às 9:55
Leitura:
Foto: reprodução/TV Jornal


Nesta segunda-feira (5), depois de voltar do Sertão do Pajeú, o governador Paulo Câmara (PSB) cumpre agenda na Zona da Mata Sul. Ele reuniu todo o secretariado para uma agenda em Palmares, cidade que foi parcialmente destruída nas enchentes de 2010. O socialista vai dar ordem de serviço para a construção de 13 escolas públicas nas cidades da Região.

As escolas fazem parte da Operação Reconstrução, que previa novas ruas, escolas, hospitais e unidades de saúde em municípios da Zona da Mata Sul. Com quase cinco anos de atraso, a construção de 13 novas escolas estaduais, incluindo a Escola de Referência em Ensino Médio (Erem), está inserida no projeto de recuperação de 30 unidades de ensino, no total.

A previsão é que o segundo lote com as obras restantes seja iniciado em dois meses. A finalização de tudo está prevista ainda para 2015. Os municípios que receberão as 13 unidades são Água Preta, Barreiros (3), Bonito, Cortês, Primavera, Palmares (4), Quipapá e Sirinhaém. O investimento é de cerca de R$ 29 milhões.

SERTÃO DO PAJEÚ - No último domingo (4), Paulo Câmara fez um giro pelo Sertão, onde teve encontro com vários prefeitos. Na visita a dois distritos e três municípios, ele autorizou a retomada da obra em duas estradas: a PE-292, ligando o distrito de Albuquerque Né à sede do município; e a PE-280, que liga o distrito de Rio da Barra ao entroncamento com a BR-232.

De acordo com o prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), a PE-292 estava parada desde novembro. Segundo ele, ainda falta metade para ela ser concluída. O investimento nos 8,7 quilômetros é de R$ 10.957.381,26. Ele também falou para o governador da necessidade de duplicar as entradas da cidade.

Mais Lidas