ANIMAIS

Polícia Militar submete animais da cavalaria a novos exames para consultar fim de doença fatal

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/01/2015 às 16:22
Leitura:

Os cavalos do regimento de Polícia Montada Dias Cardoso, no bairro de San Martin, na Zona Oeste do Recife, continuam sem poder sair às ruas. O impedimento foi mantido pela Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro). Nessa segunda (5) e terça-feiras (6), seis cavalos foram sacrificados, infectados por uma bactéria que causa uma doença chamada mormo.

A doença ataca o sistema respiratório do animal e não tem tratamento nem cura. Apesar de não estarem infectados, os outros cavalos não podem sair do regimento até que o resultado de novos exames aponte se eles continuam saudáveis. Uma nova coleta de sangue já foi feita, pela Adagro em todos os outros animais.

A gerente-geral da Adagro, Erivânia Camelo, pontua que a cavalaria seguiu os procedimentos necessários para evitar a propagação da doença.



De acordo com a Adagro, em 2011 foram sacrificados 13 cavalos. Em 2012, três, e, no ano passado, outros três. Somando os seis animais desta semana, são 25 no total.

Mais Lidas