CONFLITO

Locais de cultos muçulmanos na França são alvo de atos criminosos

Pelos menos três locais já foram atingidos. Cerca de 10% da população francesa é mulçumana

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/01/2015 às 8:56
Leitura:

Os atos criminosos aconteceram em três cidades da França e não causaram vítimas, segundo fontes judiciais. Os ataques aconteceram um dia depois do ataque contra o semanário francês Charlie Hebdo, em que 12 pessoas foram assassinadas e 11 ficaram feridas.

Em Mans – Oeste do país –, foram lançadas três granadas e feito pelo menos um disparo contra uma mesquita em um bairro popular pouco depois da meia-noite.

Em Port-La-Nouvelle – Sul da França –, houve disparos contra uma sala de oração muçulmana durante a noite, cerca de uma hora depois do fim da oração, disse o procurador em Narbonne, David Charmatz.

“Obviamente é alguém que quis se vingar”, declarou Charmatz, após ser perguntado sobre uma possível ligação com o atentado de ontem contra o jornal, em Paris.

Na madrugada de hoje (8), ocorreu uma explosão de origem criminosa na frente de um restaurante de kebab (especialidade árabe) perto de uma mesquita em Villefranche-sur-Saône, Centro-leste da França.

O presidente da Câmara da cidade, Bernard Perrut, admitiu que o ato possa estar ligado à “situação dramática” criada pelo atentado da véspera, apelando “à coesão, unidade e respeito”.

Mais Lidas