MÚSICA

Morre aos 60 anos o compositor, interprete e arranjador cultural, Lincoln Olivetti

Ele é autor das trilhas sonoras de abertura de novelas como "Baila Comigo" e "Dancin

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/01/2015 às 8:33
Foto: reprodução/facebook


Lincoln Olivetti faleceu na terça-feira (13) e ainda não foram informadas as causas da morte, nem detalhes sobre o sepultamento. Ele tinha 60 anos e era conhecido por seu talento como maestro, compositor, arranjador e produtor musical.

Ao longo da carreira, Olivetti fez arranjos para nomes importantes da música brasileira, como Gal Costa, Gilberto Gil, Tim Maia, Jorge Ben, Rita Lee, Roberto Carlos, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Ângela Rô Rô, Zizi Possi, Fagner, Wando, Ed Motta e Lulu Santos.

Lincoln Olivetti nasceu em Nilópolis, no Rio de Janeiro. Olivetti participou, como compositor ou intérprete, de trilhas sonoras de novelas de sucesso, como "Dancin' Days" (1978), "Baila Comigo" (1981), na qual tocou o tema de abertura ao lado de Robson Jorge, "Mandala" (1987), "Feijão Maravilha" (1979) e "Plumas e Paetês" (1980).