TJ julga homem acusado de matar esposa por ela usar roupa curta

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/01/2015 às 15:30
Foto: Isabela Lemos / Rádio Jornal


Acontece no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE) o julgamento de Antenor Ferreira Belezza Neto, acusado de matar a tiros a esposa Cristina Gabriel em 1995. O crime teria sido cometido porque o homem achou que a mulher usou roupas muito curtas.

Apesar de ter sido condenado a 8 anos de prisão, o réu jamais foi preso. A família da vítima pede uma pena maior para o homem e que ele a cumpra em regime fechado. Se condenado a oito anos ou menos, o crime prescreve e ele permanece em liberdade.

Durante quase 20 anos, Antenor Ferreira nunca teve nenhum tipo de restrição da liberdade, e inclusive viajou para o exterior.