MEIO AMBIENTE

Fábrica têxtil é multada por despejar substâncias tóxicas no Rio Paratibe, em Paulista

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/01/2015 às 14:54
Foto: Prefeitura do Paulista / Divulgação


A fábrica de produtos têxteis Paulistex localizada no KM 52, da BR-101, em Paratibe, Paulista, foi multada em R$50 mil nesta quinta-feira (14). A empresa estaria despejando resíduos químicos no Riacho dos Bois, um afluente do Rio Paratibe, e por esse motivo, também foi interditada. A fábrica já tinha sido notificada pela Prefeitura do Paulista há 4 meses e chegou a ter as atividades suspensas em 2009 pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).

O local foi denunciado por moradores da área que passaram a ter problemas na pele, olhos e garganta ocasionados pela poluição hídrica. O secretário de meio-ambiente do Paulista, Leslie Tavares, relata as irregularidades encontradas na fábrica.

Os moradores do Paulista podem denunciar casos de crime ambiental na Secretaria de Meio Ambiente do município localizada na rua Djalma Dutra, no bairro do Janga.