SEGURANÇA

Polícia Militar de Pernambuco retoma campanha de desarmamento

O estado ocupa, há dois anos, o 1º lugar no Brasil na entrega voluntária de armas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 20/01/2015 às 11:02
Foto: Reprodução/Internet


A Polícia Militar de Pernambuco retoma, nesta terça-feira (20), as atividades da campanha nacional do desarmamento. O estado ocupa, há dois anos, o 1º lugar no Brasil na entrega voluntária de armas.

De maio de 2011 a dezembro de 2014, 7.881 armas foram entregues no estado. Para 2015, a expectativa é que mais de 500 armas sejam retiradas de circulação.

Para o tenente-coronel Alexandre Gomes a campanha é de suma importância, porque a arma de fogo representa o maior vetor de crimes violentos no país. Ao retirar estas armas de circulação, significa um aumento na segurança e na tranquilidade da população.

As armas também são fontes de acidentes com crianças, como explica o tentente-coronel. Ao terem acesso à arma, os pequenos podem pensar ser um brinquedo e terminar feridos fatalmente.

A campanha de desarmamento garante o total anonimato do cidadão que irá entregar sua arma de fogo. As armas são recolhidas em 24 postos nas sedes dos batalhões da Polícia Militar ou em postos de coleta itinerantes.

Para as pessoas que vão fazer a entrega voluntária, é necessário imprimir uma Via de Trânsito, para que possa conduzir a arma de forma legal.

A repórter Lélia Perlim traz mais informações: