Mercado Eufrásio Barbosa

Acervo do Maracatu Nação Pernambuco é furtado e destruído dentro da sede em Olinda

O acervo contava com cerca de duas mil peças. Parte do que sobrou foi inutilizado e queimado.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/01/2015 às 16:32
Foto: Divulgação/Secretaria de Cultura de Pernambuco


O Maracatu Nação Pernambuco foi alvo de furto e vandalismo na madrugada desse sábado (24). O grupo, porém, só perccebeu o estrago no final da manhã, quando chegou para ensaiar. A Sede, que que fica no Mercado Eufrásio Barbosa, no Sítio Histórico de Olinda, foi invadido por um grupo ainda não identificado. Diversos equipamentos de som, instrumentos musicais e figurinos foram furtados. Parte do que sobrou foi inutilizado e queimado.

O acervo contava com cerca de duas mil peças. O Maracatu estava de mudança agendada para este sábado para o prédio do antigo Conservatório de Música de Olinda, situado na Praça do Carmo, onde guardaria o material e faria ensaios. O espaço havia sido cedido provisoriamente pela Prefeitura de Olinda até o Carnaval, devido à reforma do mercado.

Com três apresentações agendadas para o carnaval do Recife, o grupo se reúne na nova sede neste sábado, para realizar um ensaio e discutir os caminhos que vão ser adotados para contornar a situação.