ECONOMIA

Com carnaval no início do ano, lojistas preveem prejuízo nas vendas de fantasias e acessórios

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/01/2015 às 16:45
Aceitar cartão de crédito é uma das alternativas para aumentar vendas
Foto: Isabela Lemos / Rádio Jornal


Há menos de um mês para o carnaval, o comércio no Centro do Recife não está tão movimentado como nos outros anos. O grande desafio dos comerciantes é vender tudo em pouco tempo, já que, neste ano, a festa cai na primeira quinzena de fevereiro e, no início do ano, muitas pessoas ainda estão quitando dívidas.

A comerciante Madalena Silva tem uma loja na Praça Dom Vital, perto do Mercado de São José. De acordo com ela, esta é a época de fazer qualquer negócio para não perder o cliente, já que o movimento está fraco.

O comércio no centro no shopping funciona normalmente até a sexta-feira antes do carnaval. No sábado, o centro fecha por causa do Galo da Madrugada e só abre novamente na quarta-feira de cinzas, depois das 12h.