MORADIA

Moradores da comunidade Cacique Chicão fecham a Avenida Recife em protesto por moradia

Cerca de 450 famílias vivem entre a linha férrea e o terreno do Aeroporto Internacional dos Guararapes

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/01/2015 às 8:45
Foto: Paulo Cristiano via ComuniQ


Na manhã desta segunda-feira (26) , moradores da comunidade Cacique Chicão, fizeram um protesto na protesto na Avenida Recife, no cruzamento com a Avenida Jean Emile Favre, próximo à entrada do Ibura. Os dois sentidos da via foram bloqueados. Pneus, galhos de árvore e muito lixo foram queimados. Os manifestantes moram em barracos próximos à linha férrea, próximo ao Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Ipsep, e pedem a construção de moradias pelo Governo do Estado ou pela Prefeitura do Recife para que eles possam sair do local.

Foto: Lélia Perlim/Rádio Jornal


De acordo com o líder do Movimento Sem Teto, Inaldo Monteiro, o objetivo do projeto é reinvidicar a construção de 450 moradias para as famílias que vivem no local. Ele afirma que a Polícia vem causando medo nos moradores. "A Polícia está batendo nas pessoas, está entrando nas ocupações, invadindo os barracos e batendo nas pessoas. Isso nós não aceitamos enquanto movimento", completa.

Foto: Lélia Perlim/Rádio Jornal

O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o fogo dos pneus. O trânsito foi liberado por volta das 7h30, mas ainda havia muita fumaça e vestígios de fogo no acostamento.. A Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) também foi ao local para organizar o tráfego. Saiba mais na reportagem de Lélia Perlim: