PRESÍDIO

Mãe de detento morto diz que pagava R$ 80 para filho dormir em cela no Curado

Homens do Batalhão de Choque e da PM fizeram revista no complexo

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/02/2015 às 15:22
Homens do Batalhão de Choque e da PM fizeram revista no complexo
Foto: Hesídio Goes / especial para JC Imagem



No Complexo Penitenciário do Curado, na Zona Oeste do Recife, a manhã da segunda-feira (2) foi de revistas. Homens do Batalhao de Choque receberam o apoio de outras duas companhias da Polícia Militar. Do lado de fora da unidade, familiares reclamavam da falta de informações e do atendimento dado por policiais.

A mãe de Deivid Bezerra, de 20 anos, assassinado no sábado (31), veio do Rio de Janeiro pedir explicações ao diretor do Complexo de presídios. De acordo com ela, o custo semanal para manter o filho dormindo em cela era de R$ 80.

Neste fim de semana, dois educandos foram mortos e outros 13 tiveram ferimentos em confusões.