TRÂNSITO

Pedestres reclamam do funcionamento da Passarela do Pina

Inaugurada para oferecer segurança na travessia dos passantes, a passarela está comprometida pela falta de manutenção

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/02/2015 às 10:12
Foto: Reprodução/Internet


O funcionamento da passarela do Pina, na Zona Sul do Recife, inaugurada para facilitar a acessibilidade e oferecer segurança aos passantes, está comprometida por falta de manutenção e quem paga o preço é o pedestre. Em pouco mais de 30 minutos no local, a reportagem da Rádio Jornal reuniu muitas queixas.

O movimento na passarela, sob a Avenida Herculano Bandeira, é formado por estudantes e trabalhadores e, de acordo com eles, os elevadores de acesso à passagem quebram constantemente, e as escadas rolantes não operam há mais de 4 anos. Para tentar fugir da subida à pé, muitos pedestres se arriscam no meio dos carros e acidentes no local são registrados com frequência.

Quem possui dificuldades de locomoção, como cadeirantes e idosos, prefere pegar o transporte público a ter que passar pela passarela. Todos os entrevistados reclamaram, também, da falta de segurança no local durante o período noturno.

O repórter Rafael Carneiro traz mais informações sobre a situação: