Governo do Estado se reúne nesta com agentes penitenciários e policiais militares para evitar greves

Organizações estão insatisfeitas com estrutura de trabalho e com valores salariais. Sistema Prisional do Estado está em situação de emergência

SEGURANÇA

Da Rádio Jornal

Foto: Edmar Melo/JC Imagem


Nesta quarta-feira (4) acontecem no Recife duas reuniões de extrema importância para o Governo do Estado. A primeira será entre o governador Paulo Câmara e a comissão dos agentes penitenciários, enquanto a segunda acontece entre o representantes do Governo e instituições militares. Ambas acontecem a partir das 15h.

O Sistema Prisional passou nos últimos dias por uma das mais graves crises da década. A categoria está insatisfeita e ameaça suspender as atividades por 48 horas a partir deste sábado (7). O estado decretou situação de emergência no Sistema Prisional e adotou uma série de medidas. Os agentes penitenciários reivindicam melhores condições de trabalho, reajuste salarial e contratação de pessoal. 

O Estado apresenta as instituições militares a proposta de promoção da carreira. Os PMs também não escondem a insatisfação com os salários arrochados e a falta de ascensão na hierarquia. Existe ainda a possibilidade de greve dos policiais militares ás vésperas do carnaval.

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO