MORTE NO ARRUDA

Acontece audiência para decidir se suspeitos de jogar vaso sanitário em torcedor vão a juri popular

Acontece, nesta quinta-feira (5), a segunda etapa da audiência de instrução do caso da morte do torcedor do Sport, Paulo Ricardo Gomes da Silva, 26 anos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/02/2015 às 16:00

Foto: Guga Matos / JC Imagem


Acontece, nesta quinta-feira (5), a segunda etapa da audiência de instrução do caso da morte do torcedor do Sport, Paulo Ricardo Gomes da Silva, 26 anos. Ele foi atingido por um vaso sanitário quando saía do estádio do Arruda, em maio de 2014.

Na audiência, devem ser ouvidas as testemunhas de acusação, de defesa, além dos três réus. Everton Felipe Santiago Santana, 23 anos, Waldir Pessoa Firmo Júnior, 34, e Luiz Cabral de Araújo Neto, 30 anos. Eles respondem por homicídio duplamente qualificado, com agravante de ser por motivo fútil. Depois de analisar o caso, o juiz deve decidir se eles vão a juri popular.



O soldador naval Paulo Ricardo Gomes morreu ao ser atingido com uma bacia sanitária lançada a 24 metros de altura, no fim da partida entre Santa Cruz e Paraná.