TRABALHO

Funcionários da terceirizada Liber realizam protesto em dois hospitais no Recife

A paralisação ocorreu em cobrança do pagamento dos salários de fevereiro e pelo não recebimento do ticket alimentação há cinco meses

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/02/2015 às 15:31
Foto: Rodrigo Lôbo / JC Imagem


Funcionários da empresa terceirizada Liber, que presta serviço nos hopitais da Restauração, no Centro do Recife, e Barão de Lucena, na Zona Oeste da cidade, cruzaram os braços nesta segunda-feira (9). A paralisação ocorreu em cobrança do pagamento dos salários de fevereiro e pelo não recebimento do ticket alimentação há cinco meses. O auxiliar de serviços gerais, Josué Barbosa, detalha a reivindicação dele e dos demais trabalhadores, entre eles, porteiros, copeiros e auxiliares administrativos.

O presidente da Força Sindical, Rinaldo Júnior, reforça que são cerca de 52 mil trabalhadores sem receber e que as atividades só vão ser normalizadas após o pagamento dos direitos trabalhistas.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde esclareceu que não está medindo esforços, junto à Secretaria da Fazenda, para normalizar o repasse de verbas às empresas terceirizadas. A expectativa é que o pagamento seja feito nos próximos dias.