INVESTIGAÇÃO

Sete dias depois de chacina em Poção, Disque Denúncia recebe informações sobre pista dos suspeitos

Os conselheiros tutelares foram mortos dentro de um carro, enquanto faziam o transporte de uma menina de 3 anos, única sobrevivente do atentado criminoso

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/02/2015 às 14:25
Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem


Enquanto a cidade de Poção, no Agreste de Pernambuco, vive o sétimo dia de luto, nesta quinta-feira (12), pela morte de três conselheiros tutelares e de uma mulher de 62 anos no último dia 6, a polícia ainda procura pelos suspeitos de cometer o crime. Para incentivar o compartilhamento de informações, o Disque Denúncia de Pernambuco está com forte campanha para que a população repasse qualquer novidade sobre o caso. A recompensa é de R$ 4 mil para quem tiver detalhes sobre a chacina.

O coordenador do Disque Denúncia no Agreste, Alexandre César, pontua o trabalho que está sendo realizado. Algumas informações já foram repassadas:

Os conselheiros tutelares foram mortos dentro de um carro, enquanto faziam o transporte de uma menina de 3 anos, única sobrevivente do atentado criminoso. Eles vinham da casa da avó paterna da criança, situada em Arcoverde, no Sertão, a cerca de 70 km de Poção.

O serviço funciona 24 horas por dia. Quem tiver informações sobre autoria do crime ou localização dos suspeitos, pode repassar pelo telefone 3719.4545 ou pelo site www.disquedenunciape.com.br. Todos os canais garantem o anonimato do informante.

E conselheiros tutelares, agentes do sistema de garantias e defensores dos direitos humanos estão mobilizados no salão nobre da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Zona Oeste do Recife, na tarde desta quinta. O objetivo do encontro é homenagear os três colegas mortos. Na ocasião, os conselheiros ainda pretendem chamar a atenção da sociedade para os riscos que eles têm enfrentado no exercício da profissão.

O representante da Associação Metropolitana de Conselheiros Tutelares do Estado de Pernambuco, Geraílson Ribeiro, detalha a programação após o ato religioso com destaque para o lançamento de um manifesto.