SEGURANÇA

Porto do Recife e Aeroporto Internacional dos Guararapes têm segurança reforçada para o carnaval

Um dos principais objetivos da medida é coibir a entrada de criminosos e pessoas procuradas pela Polícia Internacional

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/02/2015 às 14:00
Foto: Arnaldo Carvalho / JC Imagem


A Polícia Federal de Pernambuco reforçou em 20% o efetivo de agentes no Porto do Recife e no Aeroporto Internacional dos Guararapes devido ao grande fluxo de chegada de pessoas na capital pernambucana durante o período momesco em navios de cruzeiros turísticos e voos internacionais.

Um dos principais objetivos da medida é coibir a entrada de criminosos e pessoas procuradas pela Polícia Internacional. Durante a operação, os turistas têm os nomes lançados nos bancos de dados criminais da Interpol, da Polícia Federal e do Disque 100, canal de denúncias e informações de processos de investigações. Toda essa conferência vai checar a conduta da pessoa no país de origem dela e no Brasil.

O chefe de Comunicação da Polícia Federal em Pernambuco, Giovani Santoro, detalha a ação.

Durante as fiscalizações, também são utilizados cães farejadores capazes de detectar drogas e artefatos explosivos. Com os procedimentos, a Polícia Federal busca encontrar procurados pela justiça como terroristas, traficantes, sequestradores e pedófilos.

O turista que for encontrado com alguma irregularidade vai ser notificado para, em um prazo de 7 a 10 dias, deixar o Brasil. Caso ele seja procurado com registro de difusão nos bancos de dados da Interpol, vai ser conduzido ao sistema prisional local onde vai ficar à disposição da justiça brasileira.