MOMO

Prefeitura de Olinda faz balanço positivo dos cinco dias oficias de folia na cidade

O Controle Urbano da Cidade apreendeu 35 ambulantes que não foram cadastrados e realizou a remoção das barracas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/02/2015 às 15:40
Foto: Guga Matos / JC Imagem


Indesejada por inúmeros foliões que mal dormem durante os quatro dias de carnaval, a Quarta-Feira de Cinzas chegou e, com ela, muita saudade da folia de momo. O saldo em Olinda, um dos principais focos de festa de Pernambuco, foi considerado positivo pelo poder público da cidade.

Em cinco dias oficiais de carnaval, foram realizados mais de 3 milhões de atendimentos em postos de saúde. No trânsito, 70 multas foram aplicadas a motoristas irregulares e sete carros foram rebocados.

O coordenador do Carnaval de Olinda e secretário de Patrimônio e Cultura da cidade, Lucilo Varejão, confirma que não houve nenhuma morte no período e que o trabalho de limpeza das ladeiras já foi iniciado:

O Controle Urbano da Cidade apreendeu 35 ambulantes que não foram cadastrados e realizou a remoção das barracas. A festa também foi garantida para os foliões mirins. Cerca de 15 mil pulseiras de identificação foram colocadas nos pulsos das crianças.

1600 documentos foram perdidos durante a folia. Para recuperá-los, as pessoas devem procurar os objetos na sede da guarda municial, localizada na Rua Duarte Coelho, no bairro de Santa Tereza. O horário de atendimento é das 8h às 18h.