FRAUDE

Polícia Federal apresenta prisão de dois homens com mais de R$ 9.000,00 em notas falsas

Apensar dos homens terem sido presos em Agrestina, os casos não tem relação entre si.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/02/2015 às 12:22
Foto: Divulgação/Polícia Federal


A Polícia Federal apresentou na manhã desta segunda-feira (23) os detalhes das prisões de dois homens que estavam com notas falsas em Agrestina, Agreste do Estado. Ambas foram feitas por policiais militares do 4º Batalhão da Polícia Militar, que fica em Caruaru. Somados, os valores ultrapassam os R$ 9 mil.

De acordo com o chefe de Comunicação da Polícia Federal, Giovanni Rantoro, com Luís Fabiano Ferreira, 38 anos, que foi preso na sexta-feira (20), a PM encontrou 90 cédulas falsas de R$ 100,00, totalizando R$ 9.000,00. Com ele, a PM também encontrou 11 munições de calibre 44 e uma motocicleta. Já com Jonathan Moneteiro Malta, de 21 anos, a Polícia encontrou R$ 60 e notas falsas. Ele foi preso no sábado (22).

Giovanni Santoro explica que todo o material foi apreendido e levado para a delegacia em Caruaru para que a origem possar ser investigada. As prisões foram feitas após a PM receber denúncias anônimas.

A Polícia Federal orienta os comerciantes que não tenham pressa na hora de conferir os dados. Uma dica importante é que, caso pegue duas notas de igual valor, verifique se a numeração não está repetida, pois esse é um indicativo de falsificação. Outra dica é colocar as notas contra a luz e tocar o papel para verificar os ítens de segurança.

As prisões não tem relação uma com a outra, apesar de terem acontecido na mesma cidade. Os homens estão presos na Penitenciária Juiz Plácido de Souza.