CENTRO DO RECIFE

Cegonheiros vão às ruas para protestar contra terceirização de transportes da fábrica da Fiat

Eles afirmam que a empresa responsável dá prioridade para a contratação de mão de obra vinda do Sudeste

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/02/2015 às 6:48
Foto: Guga Matos/JC Imagem


Profissionais que dirigem os chamados "caminhões cegonha" realizaram um protesto na manhã desta terça-feira (24) para pedir prioridade na contrataçãoes de serviços realizados pela categoria em Pernambuco. Atualmente, cerca de 500 trabalhadores atuam no Estado fazendo o transporte de cerca de 4.300 veículos por mês. Os motoristas se queixam da SADA Transportes e Armazenagens S.A., empresa sediada em Minas Gerais. A denúncia é de que a prioridade para contratação é de mão de obra oriunda da Região Sudeste.

A concentração para o protesto começou por volta das 8h desta terça-feira (24), no Cais de Santa Rita. A categoria queria chamar atenção para a demanda causando o mínimo de transtorno possível. O protesto durou cera de três horas e teve dispersão na Avenida Sul. Foram utilizados 12 veículos durante o percurso.

De acordo com o vice-presidente do sindicato que representa a categoria, Luciano Pontes, não era intenção causar o transtorno, mas essa foi a maneira escolhida para chamar atenção da SADA. "Nossa mobilização continua no acampamento que estamos realizando em frete à fábrica da Fiat desde o dia 15 de janeiro. Enquanto nós estamos parados, o pessoal de Minas Gerais está faturando", diz.

Em entrevista ao comunicador Wagner Gomes, o diretor Comercial da SADA, Edson Pereira, afirmou que os cegonheiros de Pernambuco são desorganizados e que não existe unidade da categoria. "Eles são empresários, iguais a mim. Antes eles concorriam comigo e agora querem trabalhar pra mim, como é que pode?", diz. Edson afirma que usar o capital humano do estado seria uma contramão na logística. "Nesse momento não tenho a mínima condição [de utilizá-los]. Se não, estaria criando um problema para a Fiat", completa. Ouça a entrevista completa abaixo:

Foto: JC Imagem


A fábrica da Fiat, que está sendo instalada em Goiana, Mata Norte do Estado, será inaugurada em 28 de abril e vai produzir o jeep renegade. Luciano Pontes, vice presidente do Sindicato que representa os cegonheiros, promete minimizar os transtornos: