TRENSPORTE

Após ser atingido por raio e sofrer danos por queda de energia, Metrô do Recife volta a funcionar

Linhas Centro e Sul transportam jutas 400 mil pessoas por dia. O atraso prejudicou o funcionamento de 29 estações e dos terminais integrados.

Da Rádio Jornal, com informações do NE10
Da Rádio Jornal, com informações do NE10
Publicado em 06/03/2015 às 9:26
Leitura:
Painéis de controle do metrô foram danificadas pela falta de ernergia e por raios que, supostamente, caíram sobre a estrutura. Foto: Arquivo/JC Imagem


Após um início de operação complicado, o Metrô do Recife voltou a funcionar. Foram mais de três horas de manutenção no início da manhã desta sexta-feira (6). Além da queda de energia, raios caíram sobre a estrutura do metrô, prejudicando a circulação dos trêns.

O Metrô do Recife opera com as linhas Centro e Sul e transporta cerca de 400 mil passageiros diariamente em suas 29 estações. Mesmo após o reestabelecimento da energia, os danos ocorridos no painel de monitoramento dos trens, supostamente atingido por um raio, foram extensos e interromperam completamente o funcionamento do metrô.

A Linha Sul foi a primeira a voltar a funcionar, por volta das 8h. O ramal tem 12 estações, que circulam com 120 mil passageiros diariamente, e já operam com normalidade. O funcionamento da linha está completamente normalizado e ela opera com oito trens e intervalo de seis minutos. A linha Sul vai da estação Cajueiro Seco, no município de Jaboatão dos Guararapes, à estação Recife, no Centro do Recife.

A linha Centro, que tem dois ramais - Jaboatão e Camaragibe, foi mais afetada pelos raios. Eles que atingiram o painel de monitoramento dos trens, localizado na estação Werneck.

Mais Lidas