RECIFE

Tetos de gesso da UTI e da emergência do Hospital Getúlio Vargas desabam após fortes chuvas

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde afirma que nem funcionários, nem pacientes saíram feridos. O local foi isolado pelo Corpo de Bombeiros

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/03/2015 às 10:43
Leitura:


Vídeo enviado por ouvintes mostra situação dos corredores do Hospital.

Pacientes e funcionários do Hospital Getúlio Vargas (HGV), que fica na Av. General San Martin, no Cordeiro, Zona Oeste do Recife, estão assustados com a queda de parte do teto de gesso. Na madrugada desta sexta-feira (6), parte do telhado se desprendeu na emergência, além de fortes infintrações serem registradas na Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e em quartos da enfermaria.

Em vídeos feitos por pacientes, acompanhantes e até funcionários que não quiseream se identificar, podemos ver muita água jorrando de luminárias e alagando uma sala.

Segundo o acompanhante de um paciente do HGV, Thiago Teixeira, a situação é complicada e existe infiltração de água vindo dos banheiros para os quartos. "As pessoas ficaram apavoradas durante a madrugada e foram para o corredor", diz.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde afirma que nem funcionários, nem pacientes saíram feridos. O Corpo de Bombeiros vistoriou a área e garantiu que não há risco, mas o local está isolado. Ainda segundo a nota, todas as ações necessárias estão sendo tomadas para garantir que não haja prejuízo ao atendimento à população.

OUTRA VEZ - Em setembro de 2014, parte de forro de gesso do Hospital Getúlio Vargas (HGV) também desabou. O acidente aconteceu nas salas de recuperação e em um dos blocos cirúrgicos, localizados no segundo andar do hospital. Segundo testemunhas, os pacientes foram retirados do local e ficaram espalhados pelos corredores da unidade. Os serviços de enfermaria, cirurgia e da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foram suspensos.

Mais Lidas