SAÚDE PÚBLICA

Pacientes reclamam do atendimento no Getúlio Vargas após desabamento de teto e queda de energia

A reclamação geral é que muitos equipamentos de raio-x e de tomografia não estão funcionando.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/03/2015 às 10:09
Leitura:
Imagem: reprodução/vídeo


A equipe de reportagem da Rádio Jornal esteve no Hospital Getúlio Vargas para conferir como está o atendimento após as quedas de energia e do desabamento do teto causados pelas fortes chuvas que caíram na madrugada dessa sexta-feira (6). A reclamação geral é que muitos equipamentos não estão funcionando.

o comerciante Sílvio Rubenildo veio acompanhar a esposa, que precisa de realizar uma tomografia nas pernas. "Sabemos que esse problema vascular causa muita dor. Ela precisa desse exame para tomar o medicamento adequado", diz.

Outro paciente que ficou prejudicado foi Jadson Silva, que precisa de um exame de raio-x. Ele deu entrada na unidade na noite dessa sexta-feira (6), mas vai precisar ser transferido para que os médicos possam avaliar a necessidade de uma cirurgia.

A Secretaria Estadual de Saúde afirmou que o funcionameto está normalizado e não informou danos aos equipamentos citados pela reportagem. O corpo de Bombeiros visitou a área e garantiu que não há riscos de desabamento.

Mais Lidas

Pacientes reclamam do atendimento no Getúlio Vargas após desabamento de teto e queda de energia
SAÚDE PÚBLICA

Pacientes reclamam do atendimento no Getúlio Vargas após desabamento de teto e queda de energia

A reclamação geral é que muitos equipamentos de raio-x e de tomografia não estão funcionando.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/03/2015 às 10:09
Leitura:
Imagem: reprodução/vídeo


A equipe de reportagem da Rádio Jornal esteve no Hospital Getúlio Vargas para conferir como está o atendimento após as quedas de energia e do desabamento do teto causados pelas fortes chuvas que caíram na madrugada dessa sexta-feira (6). A reclamação geral é que muitos equipamentos não estão funcionando.

o comerciante Sílvio Rubenildo veio acompanhar a esposa, que precisa de realizar uma tomografia nas pernas. "Sabemos que esse problema vascular causa muita dor. Ela precisa desse exame para tomar o medicamento adequado", diz.

Outro paciente que ficou prejudicado foi Jadson Silva, que precisa de um exame de raio-x. Ele deu entrada na unidade na noite dessa sexta-feira (6), mas vai precisar ser transferido para que os médicos possam avaliar a necessidade de uma cirurgia.

A Secretaria Estadual de Saúde afirmou que o funcionameto está normalizado e não informou danos aos equipamentos citados pela reportagem. O corpo de Bombeiros visitou a área e garantiu que não há riscos de desabamento.

Mais Lidas