SERTÃO

Polícia ainda não tem pistas do suspeito de assassinar vereador de Serra Talhada, vítima de emboscada

Cícero Fernandes chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Agamenon Magalhães de Serra Talhada, mas não resistiu aos ferimentos.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/03/2015 às 9:03
Leitura:
Foto: reprodução/TV Jornal


Conhecido como Cição, o vereador Cícero Fernandes, filiado ao Partido Republicano Progressista (PRP), também era ex-policial militar. Ele morreu nessa quinta-feira (12), vítima de um atentado enquanto dirigia o próprio carro no bairro São Cristóvão em direção à BR-232.

Vários tiros foram disparados contra Cícero, que ainda chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Agamenon Magalhães, em Serra Talhada, mas não resistiu aos ferimentos.

O sobrinho de Cícero também estava no carro na hora do atentado, mas não sofreu ferimentos graves. O filho da vítima, explica que o pai ainda chegou a reagir depois que foi baleado.

A principal hipótese é que o crime tenha sido motivado por alguma desavença pessoal, mas as causas ainda estão sendo investigadas pela polícia. Diversas perfurações de balas foram encontradas no carro do vereador, que vai passar por perícia.

Washington Monteiro, delegado responsável pelo caso, explica como vão seguir as investigações do assassinato.

Mais Lidas