CRIME

Polícia conclui inquérito sobre caso de homem que matou mulher e escondeu corpo durante 6 meses em tonel

Wellington Rodrigues de Araújo matou com instrumento cortante a mulher e ocultou o cadáver em um tonel cheio de areia

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/03/2015 às 14:00
Leitura:
Corpo da mulher estava escondido em tonel de areia
Foto: Reprodução / TV Jornal


No dia em que Jacielma Vieira dos Santos completaria 32 anos, a Polícia Civil apresentou a conclusão do homicídio duplamente qualificado, cometido pelo companheiro, com quem tinha uma filha de 4 anos. A investigação definiu que Wellington Rodrigues de Araújo, de 30 anos, matou com instrumento cortante a mulher e ocultou o cadáver em um tonel cheio de areia, por seis meses, até todo o plano ser desvendado.

O casal enfrentava uma crise e a analista de logística estava separada há duas semanas, quando voltou à casa onde viviam, em Ponte dos Carvalhos, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, para a morte. O educador físico chegou a procurar a delegacia para confessar que havia assassinado a vítima numa relação sexual. Gleide Ângelo, delegada do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, diz que a família não aprovava o casamento.


Após assassinato, Wellington Rodrigues de Araújo inventou que mulher estava na Bahia
Foto: Reprodução / TV Jornal


Durante todo o período em que Jacielma ficou desaparecida, o marido inventou que ela pediu demissão e abandonou a filha para ir trabalhar na Bahia. Desconfiados, familiares de São Paulo acionaram uma amiga. A partir daí, o companheiro não teve condições de manter a farsa. A menina de 4 anos comentou que o pai tinha matado a mãe. Ameaçado, Wellington levou a menina para a casa de uma ex-mulher, com quem tem mais 4 filhos em Sorocaba, São Paulo. Um mês depois do crime, o suspeito colocou uma amante para morar na casa onde estava o corpo.

Preso, Wellington fica à disposição da Justiça e pode pegar até 30 anos. Já a menina está sob responsabilidade da família materna, em São Paulo.

Mais Lidas